Um pouco sobre Penha de França na ZL

Sediados na Zona Leste , próximo à Penha de França, atendemos clientes de todo o país

 
 
 
 

Penha de França
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegaçãoSaltar para a pesquisa
Desambiguação Esta é uma página de desambiguação que lista os artigos que podem ser associados a um ou vários títulos.
Se uma ligação interna o conduziu até aqui, sugerimos que a corrija para apontá-la diretamente ao artigo adequado.
Penha de França pode referir-se a:

Penha de França (Salamanca) — montanha na província de Salamanca, Espanha
Nossa Senhora da Penha de França — culto mariano originado na montanha homónima
Penha de França (Lisboa) — freguesia da cidade de Lisboa, Portugal
Penha (São Paulo) — bairro da cidade de São Paulo, Brasil
Penha de França (Goa) — vila de Goa, Índia
Estação Penha de França — estação do metrô de São Paulo

Penha (São Paulo)
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegaçãoSaltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde fevereiro de 2013). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Se procura pela subprefeitura, veja Subprefeitura da Penha. Se procura outros significados do nome, veja Penha.
Penha

Basílica da Penha.JPG
Área 11,3 km²
População (33°) 117.691 hab. (2010)
Densidade 104,15 hab/ha
Renda média R$ 1.244,65
IDH 0,865 - elevado (40°)
Subprefeitura Penha
Região Administrativa Leste
Área Geográfica 3 Nordeste
Distritos de São Paulo Bandeira da cidade de São Paulo.svg
Penha é um distrito de classe média na Zona Leste do município brasileiro de São Paulo. O distrito é conhecido pelos inúmeros templos das mais diversas religiões. A arquitetura da região também chama a atenção de quem passa pelo vários bairros; é possível ver de construções típicas do século XIX a modernos e arrojados acabamentos. A constante valorização da região fez com que ela se tornasse cada vez mais procurada, e junto aos bairros do Tatuapé, Jardim Anália Franco e Mooca compõe a chamada "elite da zona leste paulistana" semelhante ao bairro Centreville em Santo André.


Índice
1 História
2 Hospital
3 Transporte
4 Comércio
5 Mercado Municipal
6 Lazer
7 Religião
8 Distritos e municípios limítrofes
9 Ver também
10 Referências
História

Vista do bairro Vila Esperança.
A Penha é um dos distritos mais antigos do município de São Paulo. A primeira referência oficial a localidade é uma petição em que o licenciado Mateus Nunes de Siqueira obteve uma sesmaria do capitão-mor Agostinho de Figueiredo, a 5 de setembro de 1668. No ano de 1682, o o padre Jacinto Nunes, filho ou irmão do licenciado, aparece como proprietário e protetor da Nossa Senhora da Penha de França. Seu testamento diz que a dotou com bens e raizes, conforme consta em seu testamento aberto de fevereiro de 1684.

A origem da localidade está ligada intimamente à religiosidade, pois seu nascimento se confunde com uma lenda que faz parte da história da fundação do local. Conta-se que um francês, católico devoto, seguia viagem de São Paulo ao Rio de Janeiro carregando consigo uma imagem de Nossa Senhora. Durante a caminhada ele pernoitou no alto de uma colina ainda sem nome (penha significa penhasco, rocha, rochedo), e no dia seguinte retomou seu trajeto até dar por falta da imagem. Assustado, tratou de retornar pelo mesmo caminho e encontrou a estátua no alto da colina. No dia seguinte a estátua sumiu novamente durante o sono do viajante, que entristecido, retornou e encontrou novamente a estátua no alto da colina, o que foi interpretado pelo francês como vontade da santa, que havia escolhido o local para se estabelecer[1].

A Igreja de Nossa Senhora da Penha foi finalizada em 1667; foi em torno dela que cresceu o povoamento do distrito. Um século depois, em 26 de março de 1796, a região foi promovida a Paróquia de Nossa Senhora da Penha de França; junto com a Paróquia de Nossa Senhora do Ó, foram as duas primeiras paróquias desmembradas da Sé. Mais tarde, a paróquia tornou-se freguesia[2].

No século XVII, a região era passagem obrigatória para os viajantes que se deslocavam entre São Paulo, Vale do Paraíba e Rio de Janeiro.

Em 9 de julho de 1924 o distrito da Penha foi sede do governo estadual paulista quando Carlos de Campos, presidente do estado, foi forçado a abandonar o Palácio dos Campos Elísios após ser atacado pelas forças revolucionárias durante a Revolução de 1924. Campos ficou instalado em um vagão de trem adaptado, na estação Guaiauna, até 28 de julho de 1924. [3]

O aniversário do distrito é celebrado em 08 de setembro, dia de Nossa Senhora da Penha, Padroeira do Distrito e do Município de São Paulo. Neste dia há muitas festas e comemorações no distrito, como missa, procissão, quermesse e queima de fogos. Os festejos começam no final de agosto, com uma novena, e terminam no final de setembro com o já tradicional encontro dos corais da região.

Hospital
O distrito da Penha é amparado pelo Hospital Santo Antônio, antigo Hospital Geral da Penha, ainda no mesmo endereço. Hospital Veterinário Animal Prime, o primeiro da região, conta com uma estrutura moderna e completa com exames laboratoriais, raio-x, ultrassom e internação 24 horas.

Transporte
O distrito é atendido pela Linha 3-Vermelha do Metrô paulistano, que acabou por substituir a antiga EFCB. As estações do metrô que atendem a Penha são: Penha, Vila Matilde, Guilhermina-Esperança e Patriarca.


A Praça 8 de Setembro.
Comércio
Além de várias lojas de departamento, o distrito conta com o Shopping Center Penha, um dos maiores centros de compras da Zona Leste de São Paulo. Construído em 1992, o centro comercial possui cinemas, área de eventos, ampla praça de alimentação e mais de 200 lojas. As principais ruas comercias do distrito são: Rua Padre João, Rua Dr. João Ribeiro, Avenida Penha de França, Praça 8 de Setembro e Largo do Rosário.


Entrada do Mercado Municipal da Penha
Mercado Municipal
Inaugurado em 1971, o Mercado Municipal da Penha abastece a região com os mais diversos tipos de produtos nacionais e internacionais. Com amplo estacionamento e uma área funcional de 25.200 m2, o Mercadão, como é conhecido, é um importante ícone do distrito. É integrante da rede de 15 Mercados Municipais existentes na capital paulista.

História

A história oficial da Penha começou com a construção de uma ermida, em 1667, no alto da Colina; não é por acaso que Penha significa penhasco ou penedo. O bairro fundado pelos irmãos e padres Mateus Nunes de Siqueira e Jacinto Nunes de Siqueira é o bairro mais antigo de São Paulo depois de Santo Amaro e, um dos primeiros a receber o título de Freguesia. Ganhou grande destaque durante o período do café, quando os tropeiros passavam pela Colina da Penha se dirigindo à Santos, trazendo o café da região, hoje chamada de Vale Histórico. Em um determinado momento da história, D. Pedro I e D. Pedro II passaram pela Penha, assim como figuras ilustres, como o Conde d’Eu (nobre francês que se tornou príncipe no Brasil pelo seu casamento com a princesa Isabel, filha de D. Pedro II), que hospedava-se na Penha quando vinha para Província de São Paulo. A Colônia Portuguesa também se fixou próxima ao Centro Histórico da Penha, que se tornou um bairro paulistano com a chegada do bonde no início do século XX, em 1901. A Penha poderia ser um município independente de São Paulo porque ela era separada geograficamente da cidade, inclusive, houve um pequeno período em que a Penha pertenceu a Nossa Senhora de Conceição, hoje Guarulhos mas, São Paulo acabou crescendo e a Penha se tornou um bairro agregado

25 motivos para amar a Penha
No coração da Zona Leste, o bairro da Penha se firmou com base na religião, e ficou famoso por sua rota Guarulhos-São Paulo

Transporte público até Penha de Franca em Penha
Quer saber como chegar a Penha de Franca em Penha, Brasil? O Moovit te ajuda a encontrar a melhor rota para chegar a Penha de Franca fornecendo direções passo a passo a partir da estação de transporte público mais próxima de você.

O Moovit oferece mapas gratuitos e o recurso "Vamos" com direções detalhadas para te ajudar a viajar pela sua cidade. Veja os horários, rotas, grade horária e descubra quanto tempo leva para chegar até Penha de Franca em tempo real.

Você está procurando a parada ou estação mais próxima de Penha de Franca? Estas são as estações mais próximas do seu destino: Terminal Metrô Penha; Avenida Doutor Orêncio Vidigal ,583-687.

Viaje até Penha de Franca de Metrô, Ônibus ou Trem - estas são as linhas e rotas que param nas proximidades: Ônibus: 2735-10, 3414-10, 3459-10, 4310-10, 4312-10 Metrô: LINHA 3 Trem: LINHA 11

Próxima Página: Vila Matilde.

penha em zl paulista